Sites Grátis no Comunidades.net Criar um Site Grátis Fantástico






Partilhe esta Página

 

           

 

tv online 

 Artigos recentes 2017

Paralisia do sono, solução para acordar e não conseguir se mexer

Como emagrecer com limão de graça

 

  BackLinkFree

 

 



Total de visitas: 15130
Manteiga ou margarina, Qual é melhor para a saúde?
Manteiga ou margarina, Qual é melhor para a saúde?

Manteiga ou margarina? Saiba qual é a opção mais saudável para o organismo.

Manteiga é derivada do leite já a margarina é feita a partir de óleos vegetais.

O que é mais saudável: manteiga ou margarina? Qual delas engorda mais? Essas dúvidas são muito comuns e inquietam quase todo mundo na hora de escolher o produto que vai deixar seu café da manhã mais saboroso.

Embora os sabores sejam relativamente semelhantes, as origens são completamente distintas: a manteiga é derivada da gordura do leite e, por isso, tem origem animal.

Manteiga ou margarina

Já a margarina é obtida por meio da hidrogenação parcial de óleos vegetais. Segundo a nutricionista Noadia Lobão, da FidBo, a margarina pode fazer mal à saúde e, por isso, seu consumo não é recomendável:

A margarina era feita a partir da hidrogenação de óleos vegetais, ricas em gorduras trans. Como foram descobertos os males associados a esse tipo de gordura, a indústria modificou a composição da margarina adicionando gorduras interestificadas, que também não são ideais, já que podem aumentar os níveis de glicose no sangue e contribuir para o aumento do colesterol ruim (LDL).

Manteiga ou margarina

Além disso, esse tipo de gordura é estranha ao organismo que não consegue metabolizá-la apropriadamente. Por isso, mesmo as versões de margarina light ou enriquecidas com cálcio e ômega 3 devem ser evitadas.

Se não houver exageros, a manteiga não compromete a dieta e faz até bem à saúde.

A manteiga, por ser derivada do leite, possui níveis de colesterol e de gorduras saturadas, e tem, sim, um valor calórico considerável. No entanto, se consumida com moderação, faz bem à saúde:

A manteiga é naturalmente rica em ômega 6, que é um ácido graxo essencial para o bom funcionamento do organismo, combatendo o colesterol ruim e os altos níveis de glicose no sangue.

Também auxilia na absorção de alguns nutrientes importantes, como as vitaminas A, B, E e K. Além disso, o organismo reconhece a gordura da manteiga como natural e consegue metabolizá-la.

O ideal é consumir duas colheres de chá de manteiga por dia. Se não houver exageros, a manteiga não compromete a dieta e faz até bem à saúde - garante a especialista.

Nada parece ser tão polêmico há tanto tempo como as gorduras. Atualmente, ainda bem, já sabemos que existem duas categorias delas: as que ajudam nosso corpo a funcionar melhor e, por isso, são INDISPENSÁVEIS, e aquelas que realmente não fazem bem.

Uma dúvida que ainda existe é se a margarina é realmente melhor que manteiga por ser de origem vegetal. A ciência tem dessas coisas, mas (ainda bem!) evolui por meio de pesquisas. O que era ótimo ontem, pode não ser amanhã. Veja os casos do ovo, do abacate e do próprio coco: antigamente condenados, hoje queridíssimos da nossa saúde.

Com o tempo, a manteiga foi sendo deixada de lado, cedendo seu espaço na mesa do café da manhã para a margarina que, por sua vez, ganhou o rótulo de alimento saudável, deixando para a primeira o estigma de vilã. Em alguns países o retorno a esquecida manteiga já foi anunciado.

Qual a diferença entre manteiga e margarina?

Em resumo, a manteiga é de origem animal e feita da nata de leite batida. Ponto final.

De origem vegetal, a margarina é resultado de um processo chamado hidrogenação. Nele, as moléculas de hidrogênio são incorporadas às de gordura de maneira artificial, em altas temperaturas. É o calor que transforma a gordura insaturada em parcialmente saturada. Também durante a hidrogenação, as moléculas de gordura viram gordura trans e saturadas.

Manteiga ou Margarina? Manteiga!

Em especial por causa das calorias, e das gorduras saturadas, a manteiga ficou esquecida, pois supostamente engordaria e provocaria doenças cardíacas.

Mas hoje ela começa a reconquistar seu espaço. Sabe-se, por exemplo, que o consumo de gordura trans (da margarina) é nocivo, tanto que hoje é obrigatório (mas tem como burlar) ser identificado no rótulo. – e ele está na maioria das margarinas! (Para se ter ideia, a tal gordura é quase igual ao plástico!).

Já sobre a manteiga, descobriu-se que além do sabor e de ser um alimento (e não um produto alimentício), ela contém muito mais que se imaginava, contém ácido butírico (bom para a saúde metabólica e intestinal, além de prevenir o câncer), vitamina A (antioxidante e facilitadora da digestão das proteínas) e ainda ajuda a prevenir a artrite e osteoporose, além de doenças na tiroide e outras.

Mas como tudo na vida, vale o equilíbrio na hora de consumir, principalmente para quem segue algum tipo de dieta restritiva. O importante, acima de tudo, é pensar na origem do que se come.

Para chegar ao ponto de margarina, que encontramos no supermercado, antes ela passa por diversos processos químicos, é um tal de “estica e puxa”: “extração química, aquecimento intenso, branqueamento e desodorização”. As gorduras são bastante sensíveis, principalmente à temperatura. Os óleos “bons” são extraídos a frio para não alterar suas propriedades. Agora, imagina o que faz com a margarina todos esses processos físico-químicos…

O problema é que estamos há anos escutando a mídia falar o quanto a margarina é saudável. Para isso eles colocam uma família feliz em volta da mesa, rindo e comendo margarina. O marketing é fundamental, veja a Coca cola que conseguiu transformar uma marca com dois nomes horríveis (coca+cola) e com um produto que faz mal, em sinônimo de descontração e alegria. Sempre Coca-colaaaa...

As pessoas pensam que o óleo de canola e girassol são muito mais saudáveis. Não que a calona não seja boa, o problema está na forma como se obtém esses óleos. No caso da nossa dieta, os óleos “bons” são aqueles ricos em ômega 3, como o óleo de peixe (principalmente salmão), azeite extravirgem de oliva, óleo de coco e óleo de linhaça, são os principais (prensados a frio).

Sobre a manteiga

Vocês imaginavam que a manteiga é rica em vitaminas e mineiras essenciais, como o selênio, a vitamina A, a vitamina K, os ácidos graxos, etc?

Vamos comparar a composição da manteiga e da margarina e ver qual é melhor para a nossa dieta.

A margarina é composta de muitas coisas: óleos vegetais líquidos (lembra do ômega?), água, soro de leite, leite em pó desnatado, vitamina A… depois vários estabilizantes, aromatizantes, acidulantes, antioxidantes, etc.

Já a manteiga é composta de: creme de leite pasteurizado e cloreto de sódio!!

Até, se você preferir, você pode pegar a nata, bater na sua batedeira que ela vai virar uma manteiga. Não tem segredo, não tem alterações de temperatura, alteração de sabor e de nenhum estabilizante.

Fonte:

www.falecomanutricionista.com.br

extra.globo.com

lowcarbaultimadietadaminhavida.blogspot.com.br